terça-feira, 9 de setembro de 2014

Passo a Passo Tattoo Elefante Indiano

Olá pessoal! Vou postar aqui um passo a passo e tentar explicar um pouco como eu a fiz!

A idéia era fazer um elefante indiano para tatuar no peito... entao, a primeira coisa a se fazer, era procurar referencias de elefantes indianos... lembrando que é bom fazer pesquisa para não se tatuar um elefante africano por engano, por exemplo.
Como a area (o peito) é uma região em forma de círculo, fiz o desenho nessa composição, de perfil, para que ficasse bem em sua harmonia com o local.

Procurei primeiro desenhar o elefante, procurei decorações típicas para esse desenho e acrescentei uma mandala simples no fundo... embaixo do elefante, para não acabar o elefante do nada, fiz um adorno floral...













Depois de feito o decalque, comecei a fazer a tatuagem com uma maquina forte para linha usando 8RL aberta (com isqueiro) e preto linha. Em alguns pontos da decoração do elefante e na mandala, fiz o mesmo sumir do ultimo post e marquei essas linhas para que depois pudesse refazer as linhas coloridas... Uma maneira de não deixar a tatuagem tao poluída com linhas pretas.











Nessa próxima fase, com uma maquina de pintura usando 9MG, fiz a sombra sem auxilio de nenhum diluente... apenas a força da mão. Para tentar imaginar melhor o processo, é o mesmo que pintar com lápis de cor...quer mais escuro força mais e concentra mais o espaço da pintura em compensação se quiser mais claro, mais superficial será a pintura, raspando apenas as pontas das agulhas. Engana-se quem imagina q pintar superficialmente várias vezes no mesmo espaço fique escuro. Na verdade a pintura fica mais homogênea mas não escura. Agora, se forçar na agulhada, aí sim, fica escuro...






Finalizado a sombra, comecei a pintar usando a maquina de linha novamente, para refazer as linhas que eu havia deixado com sumie. As linhas da mandala assim como algumas outras dentro do elefante em vermelho. Outras em verde... enfim...
Depois de ter feito as linhas coloridas, voltei para a magnum de 9 e pintei o elefante, "atropelando" as sombras e muitas linhas. A cor usada foi o cinza azulado... O adorno floral em amarelo Ouro... o fundo com um Lilás.

Uma tattoo simples mas que gostei muito em fazê-la. Espero que gostem do Post e comentem.

Um grande abraço a todos e vamos evoluir... 1% por dia mas todos os dias!



Don Rodrigues Tattoo (11)3051.3806
Lado B Estudio (11) 3476.1259

10 comentários:

Pedro disse...

Fantástico!

André, quais máquinas você está usando, quero começar o curso no Lado B, e já gostaria de adquirir boas máquinas.

Abraço, e você sempre será referência!

Jr. Szabo disse...

Muito bom André, obrigado por contribuir com ensinamentos. Vc disse no blog antigo que ia falar sobre agulhas, maneira de "fechar" as magnum quando essas estiverem muito abertas, se puder fazer um post com isso seria de grande valia, obrigado !!!

Marlon Skitter disse...

Opa, tu poderia postar algo sobre como tu abre e fecha as agulhas?
Tu tinha ficado de postar mas foi qndo deu o bug ai que apagou as demais postagens! Se puder postar ficaremos loucos de faceiros!
Abraço!
(Se aparecer uns mil comentarios iguais ai nao da bola, net de celular é uma poha!)

Marcelo Ventura disse...

Boa tde irmão, meu nome é Ventura e trabalho com desenho desde sempre, cada hora com uma ferramenta, digital, pele, alicate, enfim... nunca pude me presentear com cursos e coisa e tal. Devo muito do que hj consigo fazer, a toques de inúmeras pessoas ( pessoas de coração aberto) , valeu mesmo!!! Um dia apareço no seu espaço para poder te apertar a mão.

Maurici Manfré disse...

Muito boas dicas André!

Tenho alguns problemas com traço que gostaria de confirmar com vc, eu utilizo uma máquina Lauro Paolini Paul Rogers, na voltagek entre 8 e 9 para taço e não consigo um traço limpo. O quie pod eestar errado?

GraffTche disse...

Otimo post!
Gostaria de saber se você irá repostar o post sobre new traditional? Pois era muito interessante. Valeu. Holie.

Tati Pigmenta disse...

Muito bom André! Obrigada por nos ensinar e nos motivar diariamente!

André Rodrigues disse...

Olá, Pedro!!! Td bem?

Eu nao tenho uma maquina para tdo q faço... eu tenho máquinas para cada estilo. Inclusive uso rotativas e as tradicionais bobinas. Conforme eu vá postando, vou falando sobre algumas maquinas q uso, ok?! Abração!


Olá, Jr. Szabo e Marlon Skitter...tdo bem?!
Bem lembrado! Vou providenciar as foto e comento aqui no blog. Vou falar e mostrar como uso as agulhas fechadas ou abertas no caso das linhas! Abraçao!


Olá MArcelo Ventura! Tdo bem?!
Vc está convidado para conhecer o nosso espaço! Será mto bem vindo! Grande abraço!

Olá Maurici Manfré! Tdo bem?!
Cara, eu nunca utilizei as maquinas LP, tenho mtos amigos q dizem q não conseguem nem regulá-las mas como eu disse, eu não as utilizo por isso não posso realmente dar a minha opinião!
Um dos problemas é baixa voltagem e muita agulha! Não sei exatamente o q está acontecendo pq é necessário ver a maquina funcionando! Eu por exemplo, tenho maquinas q para conseguir um bom traço de 11 RL, a minha fonte tem que estar no 12,13v. Mas a maquina foi feita pra isso. De uma olhada e preste atenção se ela não está forcando demais com tantas agulhas. A força da maquina é importante e não adianta aumentar a voltagem para que ela tb não acabe queimando o capacitador. Converse com alguém q fabrique maquinas e diga como vc quer a maquina para q talvez ele possa refazer a maquina pra vc!
Boa sorte! Abraçao!


Olá, GraffTche, tdo bem???
Cara, pode deixar q é um dos temas que voltarei a falar e dar umas dicas de como faze-las!
Abraçao!!!


Valeu, Tati e Mendel!
Vcs sempre estarão com a gente lado a lado! Grande abraço a vcs!!!

Maurici Manfré disse...

André, vou verificar mas para traço costumo utilizar a 7RL e no máximo 9RL, quanto a regulagem acho que está bem porque faz o 8 perfeito, talvez tenha de aumentar a potência para 10 ou 11v tenho tattoo domingo vou fazer isso e ver o que acontece.

Valeu a dica e em breve vou tentar fazer um curso aí com vcs. abrax MAU

Marcos Rinaldi disse...

Pois é, quanto a máquina LP eu comprei uma híbrida pra começar...Na primeira foi bem, mas pra regular agora está difícil....Sou iniciante mas não aconselho a lp p. rogers híbrida...
Quero uma rotativa mas a máfia da tattoo dificulta a entrada de máquinas, assim como fizeram com as tintas...Estranho certas tintas serem boas para o primeiro mundo e aqui onde tem gente comendo lixo a anvisa "não aprova"...Marcos Rinaldi