quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Valores Tonais (entender pra fazer tatuagem realista)

Antes de querer fazer algo realista, existem algumas regras que geralmente o iniciante na arte não conhece ou faz vistas grossas para o assunto. O valor tonal é um desses assuntos que não são fáceis de aprender e colocar em pratica mas que, quando aprende, é sem duvida um dos maiores diferenciais em qualquer desenho, pintura ou mesmo tatuagem.

Já ouvi varias vezes de vários pintores e desenhistas que a cor nem sempre é o ponto mais importante numa obra mas sim os valores tonais.... concordo completamente.
Este assunto é velho, não é nenhuma novidade mas para a maioria dos tatuadores ainda é um assunto que não é nada estudado.

Em resumo, valor tonal expressa de maneira correta a obra do artista, fazendo com que o observador perceba claramente os volumes, profundidades, texturas, etc.
O tom é a medida do quanto escuro ou claro é uma pintura, tatuagem ou desenho. O tom define o quanto de luz chega aos nossos olhos. Matiz ou intensidade não tem haver com valor tonal, eles tem haver com cores... Se você colocar uma maçã na luz do sol ou num quarto escuro, a mesma cor da maçã modifica sua intensidade graças a luz ou a sombra. (depois falaremos sobre isso num próximo post).

Nas fotografias em preto e branco, tudo se encontra ali, sem cores, mas percebemos até o tipo de tecido que são feitas as roupas! Conseguimos perceber texturas das peles, brilhos de vidros, reflexos... vemos tudo perfeitamente sem cor alguma. Nessas fotos existem apenas os tons que pode ser do branco mais forte até o Preto mais intenso.
Mas se você conseguir perceber pelo menos 9 tons, você fará uma bela obra. Geralmente seis, sete tons já é muito bom para o trabalho mas, 9 será o ideal. Tudo é questão de pratica.

Veja os exemplos que eu separei para melhor entender:

Eu separei nesse exemplo apenas 3 tons, A, B e C no qual eu coloquei eles sobre quadrados de tons diferentes, 1,2 e 3.
Percebam que as bolinhas parecem mudar de tom quando colocados sobre valores diferentes. As bolinhas parecem ficar mais escuras ou mais claras dependendo do valor do fundo, mesmo essas bolinhas serem os mesmos valores em todas as 3 fileiras. Então, percebemos que o fundo é tão importante  quanto o primeiro plano. Na fileira 4, eu separei um pedaço do rosto dele no qual o primeiro retângulo é o original, com fundo quase Preto, criando um grande contraste com a pele. No segundo, menos contrastado e no terceiro, quase não existe contraste. Isso é importante para comecar a dar mais atenção para o fundo também.

Nesse outro exemplo, eu coloquei dois extremos importantes para conseguir melhor entender sobre os valores reais e o que a pessoa acha estar fazendo certo. Na sombra projetada do objeto, eu coloquei um quadrado Preto, pra mostrar que a sombra é muito escura porem, não é Preto. É normal que as pessoas entendam que é praticamente Preto e o faça assim mas você tem que adestrar seus olhos para entender qual o valor real. O mesmo é do lado oposto aonde tem a luz mais forte sobre o objeto que é muito clara porem, não é branco como no quadrado que eu coloquei ao lado para exemplificar. Eu diria que é um cinza muito claro.

Nesse exemplo, eu também coloquei dois quadrados, um branco ao lado do tom mais claro do objeto e um outro quadrado Preto na área da sombra própria do objeto.
O quadrado Preto realmente bate com o mesmo valor do objeto mas o branco não, ainda no objeto se encontra  um cinza claro mas longe de ser igual ao quadrado branco do exemplo. Eu quero mostrar com esses exemplos  que você não pode simplificar de modo preguiçoso. Tem que perceber com mais interesse, com mais atenção e domínio dos valores corretos. Nao é porque uma área é escura que tem que ser Preto ou mesmo uma área é clara tem que ser branca. Dominando isso, você  já esta em vantagem.



Nesse ultimo exemplo, eu marquei os valores de maneira mais pratica. Na ordem dos quadrados, marquei o fundo e seu valor no primeiro quadrado, no branco, o brilho intenso da taça. No terceiro quadrado, o reflexo dentro da taça. No quarto, o valor dentro do copo que dá a força para o brilho do copo. No quinto quadrado, um brilho que tem um cinza claro. No sexto quadrado, um Preto que dá um forte contraste.
Claro que eu só separei esses pequenos exemplos mas é um exercício que deve ser estimulado para que você consiga enxergar as diferenças entre os valores para que o resultado no realismo seja cada vez mais incrível. Exercite, não tenha preguiça! Faça pequenos exercícios diariamente.




 Em relação a tatuagem, eu peguei uma das minhas tatuagens para também exemplificar os valores tonais. A foto original é a colorida e eu transformei a foto em Preto e cinza para mostrar que independente das cores, podemos ver os volumes da roupa, rosto, mão, cabelos. Percebam que o fundo também favorece o tom do rosto da menina, deixando mais clara graças ao valor do fundo.

Para exercitar em casa, use papel Bristol e lápis do HB até o 8B. Lembre-se que quanto menor o "b", mais claro é o lápis e quanto maior, mais escuro. Para os tons mais claro, use os lápis hb, 2b, para os médios tons use os 4b e para os tons escuros os 6b e 8b para o totalmente Preto. Claro que pode misturar entre eles mas usando essa logica com os lápis você vai entender melhor sobre simplificar e criar variações tonais.

Então, para poder finalizar por enquanto, eu peço que quem quiser fazer algo realista, é uma obrigação entender sobre valores tonais. Não adianta querer saber tudo sobre cores se não compreende os valores tonais. Procure saber melhor sobre o assunto, é um tema que vai te acompanhar para o resto da vida  em toda a sua arte.

Vamos evoluir... 1%ao dia mas todos os dias.

Abraços a todos.

Lado B Estúdio  (11) 3476.1259
Don Rodrigues Tattoo (11) 3051.3806

12 comentários:

Anônimo disse...

Excelente explicação, mestre!

Sempre que faço meus desenhos usando cor ou treino tattoo (calma, treino em vítimas não-vivas, ainda no caminho do aprendizado! Rsrsrs) eu fotografo em preto e branco para ver se consegui fazer uma boa passagem de tons e se consigo definir bem as formas. É um exercício muito bom e válido, desde que comecei a fazer isso percebi que alcanço um contraste melhor no meu colorido e entendo com mais facilidade o tons em pb, os enxergo melhor.

Agradeço por explicar tão bem e compartilhar seus conhecimentos conosco!

cleice disse...

Ótimo post !!! valores tonais é bem difícil, mas com essa aula ficou um pouco mais fácil de visualizar obrigado mano !! meu nome é Senn e eu moro no extremo norte do país em Macapá-AP e sou tatuador iniciante e os teus posts me ajudam imensamente, obrigado. Evoluindo 1% todo dia .

Arthur disse...

O post foi ótimo André! Não se incomode que ele não tenha sido comentado tanto quanto você gostaria, e por favor, que venham mais posts como esse, afinal ele não é pra maioria, e sim pra quem tem o verdadeiro compromisso com a arte! Espero um dia ser pelo menos 10% do artista que você é, se assim for com certeza serei um grande artista!

Obrigado!
Abraço!

jonh cunha disse...

Muito obrigado pelo post.
A cada post seu um aprendizado foda, parabéns pela sua atitude, de manter a arte viva e ajudar para que os outros entendam e assim passem pra frente também.
Novamente, muito obrigado mestre!

Kaio Pablo disse...

Muito bom esse post.. to iniciando na tatuagem e achei seu blog por indicação de um amigo.. muito da hora você compartilhar seu conhecimento com todos..
muito obrigado.

thiago nunes disse...

Muito bom André, tatuo a 3 anos e desde que começei conheço seu blog e sempre venha dar uma olhada nele e aprendo muito sempre, tentando aderir a essa filosofia de evoluir 1% todos os dias, gostaria de agradecer e dizer que estou deixando meu comentario, pois vi em outro post voce falando meio "desanimado" sobre as visualizações e comments, mas cara, sou seu fã, e tenho certeza que voce tem muitos mais, que tão também como falou Arthur aqui em cima /\ esses post são para a miniria, quem realmente estuda arte e tenta evoluir não só nas tattoos, valeu abraço continue postando sempre.

mandando esse alow aqui de aracaju/se

Jonathan William disse...

Muito bom ...
O desenho flui mais de boa respeitando os valores tonais.

Alexandre Sá disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alexandre Sá disse...

Parabéns André pelo blog, muito bom os seus Post's . Eu sou artista plástico na área realista e agora estou tatuando a menos de quatro meses e sempre busco estudar para trazer para tatuagem o que eu sei com lápis, caneta e tintas e tudo que você falou é essencial.obrigado!

Raphaeo Los lucio's tattoo disse...

Caramba man, agora a coisa clareou pra mim André!

Esse poste me ajudou muito mesmo de vdd.

Valeu mesmo man!

Raphaeo Los lucio's tattoo disse...

Caramba man, agora a coisa clareou pra mim André!

Esse poste me ajudou muito mesmo de vdd.

Valeu mesmo man!

tiago eots disse...

muuuitoo foda !! a parte dos tons 123 eu tinha visto primeiro a foto e realmente achei que os tons mudaram soh depois que vi no comentario que o fundo fez parecer que o tom mudou.
esse tipo de estudo meu professor de desenho aperta pra dedicarmos muito, e foi oque me ajudou de mais na minha tattoo.