domingo, 7 de fevereiro de 2016

Rosa Neo Traditional na Mão

Olá, pessoal! Voltei... hj eu vou falar sobre uma rosa que eu fiz há umas duas semanas atras na mao de um cliente nosso o Raphael. No braço desta mesma mão já havia um fechamento (não feito por mim) e faltava a mão. Fizemos.

Quando ele foi la no estudio, peguei um pedaço de papel contact transparente e colei na mao dele. Com uma caneta Sharpie, desenhei todo o espaço da mão dele e levei pra casa esse papel aonde passei essa medida para um caderno e desenhei a rosa no mesmo espaço que eu havia tirado.

Peguei algumas fotos e me inspirei nas rosas porém, no final, estilizei para que ficasse algo mais Tradicional ou mesmo Neotrad.

Perguntaram-me no post anterior se eu só usava as maquinas de bobinas. Não... eu gosto muito das de bobinas para os trabalhos mais tradicionais. Principalmente nas linhas, não consigo um resultado satisfatorio com as maquinas rotativas, prefiro as bobinas mas, para realismo, eu prefiro sem duvida as rotativas, consigo resultados mais fáceis e mais rápidos. Qualquer dia desses eu posto alguma tatuagem que eu tenha feito com rotativa e comento sobre o assunto.

Taí o desenho que eu fiz no meu caderno. Dá pra ver em cinza, a marcação do espaço da mão do Rapha que eu tirei com o papel contact. O bom desse esquema é que eu posso fazer uma tatuagem num espaço bem próximo do resultado final. Com um lápis de cor laranja eu esbocei a composição das pétalas e folhas e com uma azul, eu fiz a arte final.










Fiz o meu decalque usando o Sketchbook Pro para que as linhas ficassem bonitas e bem finalizadas para eu poder tirar na máquina termo. Quando eu decalquei na mao do cliente, percebi um espaço que me incomodava abaixo da pétala debaixo. Entao, com uma caneta Sharpie verde eu criei uma pétala a mais.
Fiz alguns pequenos ajustes e o decalque já estava pronto pra ser usado.
















Abri uma RL de 11 com isqueiro para deixa-la mais grosa. Fiz toda a linha com essa agulha criando um bold-line  que eu considero de ótima espessura para o tamanho e local que foi feito.
Com uma outra maquina com RL de 3, fiz as nervuras das folhas e algumas linhas dentro da rosa.
Uma curiosidade é que quando eu usei RL de 5 e 7 pra mão, achei difícil de pigmentar. Ao contrario de quando usei a RL de 3 que foi bem fácil de fazer as linhas.
Claro que isso foi comigo que aconteceu mas o bom de comentar é que as vezes, se alguém tiver com dificuldade de fazer uma boa linha, mude a quantidade das agulhas, as vezes isso é o que vai mudar pra sempre nos seus trabalhos.






Depois das linhas feitas, eu peguei uma maquina com Magnum de 13, também de bobina.
Com preto linha, fiz as sombras sem o auxilio de agua ou mesmo qualquer diluente. Muitos, nessa fase, tem medo de que a tatuagem fique muito escura mas eu aconselho a sempre tentar pois, seu não houver tentativas, não virão os resultados.















Nas cores, escolhemos o azul para entrar em harmonia com o restante do braço do Raphael. Junto com o preto da sombra, passei o azul médio, logo em seguida, o azul claro. Nas luzes, é apenas o espaço vazado da própria pele do cliente, sem tinta alguma.
Nas bordas da rosa, eu optei por usar um verde piscina porem, como o valor dele era mais baixo que o azul-claro, eu precisei aumentar o valor dele usando branco para que as dobras ficassem mais acessas e mais visíveis, dando mais luminosidade a essas dobras. Valores baixo = escuro, valores altos = claro.
Usei verde medio nas folhas clareando com amarelo nas bordas.






É isso ai.... mais uma tatuagem comentada para que talvez inspire alguém que tenha pequenas duvidas como eu tenho como qualquer pessoa possa ter.
Sobre os decalques eu postei anteriormente e sobre como abrir as agulhas tambem ja postei sobre o assunto. Fiquem a vontade para comentar, so assim posso tentar ajudar em algo procurando fotografar tatuagens que tenham a ver com o que me perguntam.

Vamos evoluir, 1% ao dia mas todos os dias... sempre.

Grande abraço a todos!


Lado B Estudio / TattooCon (11) 3476.1259
Don Rodrigues Tattoo (11) 3051.3806



TATTOO/CON

Está chegando a 3a Tattoo/Con... será realizado nos dias 08-09 e 10 de abril contando com a presença de 3 grandes artistas no mundo da tatuagem.

Dia 8 de abril - Toxyc XLR. Black and Grey e Coverup. 
Dia 9 de abril - Rodrigo Kalaka. Neo Traditional
Dia 10 de abril - Yomico Moreno. Realismo

Serão três dias com tradução simultânea, telões, ar-condicionado. Todos sentados observando e também fazendo suas perguntas na sua própria língua e sendo traduzida em tempo real para que todos possam aproveitar cada momento do workshop. Um investimento para toda a vida. Até porque estudar e aprender é algo que ninguem consegue nos tirar.

Deem uma olhada nos videos abaixo, 2015 e 2014... tirem suas próprias conclusões. E não deixem para ultima hora como muitos acabaram ficando de fora. 

Nos vemos lá!!!





6 comentários:

Juan Rodrigues disse...

Olá Don Rodrigues.
Primeiramente eu gostaria de te agradecer, esses ensinamentos que tu tens postado aqui nesse blog já são de muita ajuda para mim e eu sei que para muitos outros tatuadores. O pouco que eu já li e estudei já abriram a minha mente para muito mais do que o dobro do que eu sabia.
Infelizmente não conhecia o seu estúdio antes e já perdi muita grana com uns "falsos mestres" por aí, mas nada disso me faz desistir de seguir essa carreira que eu amo tanto.
Enfim, esse é um agradecimento de coração de um tatuador iniciante mas que ama o que faz. Obrigado, cara.

André Rodrigues disse...

Olá, Juan Rodrigues!!

Vc nao é culpado de ter caído nas maos de certas pessoas e isso até é bom! Vc aprende a diferenciar o bom do ruim... o certo do errado! A gente aprende com erros.
Continue estudando... Evolua 1% ao dia mas todos os dias!

Grande abraço e muito obrigado pelas palavras!


André Rodrigues

L. Ramalho disse...

Dicas muito valiosas que sempre encontro aqui. O detalhamento de todo o processo materiais que usa, os conceitos, as experiências pessoais. Precisamos de mais "Dons". Obrigado, cara.

L. Ramalho disse...

Dicas muito valiosas que sempre encontro aqui. O detalhamento de todo o processo materiais que usa, os conceitos, as experiências pessoais. Precisamos de mais "Dons". Obrigado, cara.

Thais Guimarães disse...

Obrigado por compartilhar teu conhecimento!

Thais Guimarães disse...

Obrigado por compartilhar teu conhecimento!